OFM

As diferentes tonalidades do Ouro

A cor natural do ouro no seu estado puro é o amarelo. Donde vêm as outras tonalidades?
O ouro é o metal mais utilizado em jóias, seja no seu tom natural amarelo - o mais tradicionalmente utilizado, seja branco, rosa ou vermelho. É um metal nobre, resistente à corrosão por ácidos ou sais, e por não sofrer oxidação e ser bastante raro na natureza, tem um preço elevado no mercado de joias. 
 
Existem diferentes tipos de ouro e maneiras de o utilizar na fabricação de peças.
 
O ouro utilizado no fabrico de joias é, na verdade, uma liga, ou seja, uma mistura de materiais. O ouro puro é um material extremamente maleável, tão maleável que, utilizando um anel por exemplo, um simples aperto de mão seria capaz de alterar o formato da peça. A mistura de metais - liga - permite maior rigidez e durabilidade à joia que será produzida.

Para definir a quantidade de ouro numa liga, surgiu a expressão quilates (K), sendo que 24K equivalem a 100% ouro: ouro puro. Quando dizemos que uma joia é de ouro de 18K, significa que essa jóia tem 18 partes de ouro +  6 partes de outros metais, ou seja, tem 75% de ouro. As diferenças de tonalidade surgem da proporção de outros elementos químicos na composição da liga de ouro, como por exemplo o cobre, a prata, ou o paládio.


cores-ouro-01